sábado, 22 de abril de 2017

Violin Limelight: Charlie Chaplin and Buster Keaton ( violin and piano)

Magistral




Charlie Chaplin (Sir Charles Spencer, 18891977) and Buster Keaton( Joseph Frank Keaton Jr, Piqua , 1895- 1966) were two of the most prominent actors of the Silent Film Era. Both actors were also directors and made funny and popular films in their time.

Charlie Chaplin was also a composer , played both cello and violin left-handed, and he had both his violin and cello restrung and rebuilt.

Read more:
Difference Between Charlie Chaplin and Buster Keaton | Difference Between http://www.differencebetween.net/miscellaneous/entertainment-miscellaneous/difference-between-charlie-chaplin-and-buster-keaton/#ixzz4evhS3IHY


segunda-feira, 17 de abril de 2017

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Roberta Sá, António Zambujo e Yamandú Costa | "Eu Já Não Sei"

  Esta canção parece  ter como autores Domingos Gonçalves da Costa( letra) e Carlos Rocha( música), mas, também há quem diga que é de Manuel Fernandes... Eu ( já) não sei.
               
  Foi a a minha Mãe quem me deu a conhecer  António Zambujo, há  anos, quando me deu o seu primeiro CD . Apreciadora do fado tradicional e muito crítica em relação às "modernices"  que estragam a canção nacional,  estava no entanto maravilhada com os "trinados deste rapaz".   Ouvi-o durante meses nas viagens de carro e esta é, desse álbum, um dos temas da minha eleição. 
Há, além do canto , muito mais encanto do que o que existia em versões  antigas como a de Alberto Ribeiro ou a de Carlos Ramos, um fadista que conheço quase desde que nasci. Bem sei que os tempos são outros, os meios imensos, a liberdade de interpretação enorme, mas é notável a forma como António Zambujo consegue tornar as canções tão sentidas, tão suas ... Realmente macia e intimista, a marca inconfundível que deixa por onde passa. ( há  quem não goste .. Já sei)    
  Roberta Sá e Yamandú Costa são também dois músicos admiráveis e é também por causa deles que esta versão  é uma preciosidade .
   Um encontro  simples e pouco elaborado  (outras das razões porque gosto de A. Zambujo), que é um exemplo do que em todo o lado se faz e em Portugal,  embora se dêem já alguns passos, é tudo muito avaro, pequenino, talvez de acordo com o tamanho do nosso País... ou não.
  "Há brilhos e brilhos e o teu pode  não ficar bem com o meu, sei lá..."
   Ora... Todos sabemos que fazem um brilharete os artistas  que se juntam , trocam experiências e dão ao mundo o prazer de as ouvir e ver
.  

 

sábado, 8 de abril de 2017

Messias and the Hot Tones - "Happy Loner" LIVE

Arrepia , Messias....

Trem Das Onze

Trem das Onze é uma canção de autoria de Adoniran Barbosa, sendo a sua mais famosa obra. Foi lançada em 1964 e feita em conjunto com Demônios da Garoa. Premiada, foi classificada como uma das melhores canções brasileiras de todos os tempos.


Adoniran Brabosa era genial . As sua canções , letras e vida ,encantam-me.   
"A linguagem da poesia de Adoniran é caracterizada por um vocabulário com muita informalidade, mas não é uma informalidade qualquer, é uma variação linguística sociocultural marcada pelo regionalismo, linguajar popular e pelas gírias. Muitas vezes sem nenhum prestígio social, porém é este modo errôneo, inculto e popular de ser que configurou a maneira de estar... certa e agradar a todos! Foi com essa característica que Adoniran Barbosa manifestou sua arte, quebrando paradigmas e preconceitos linguísticos."
Leia Mais em:
http://obviousmag.org/a_hora_e_a_vez/2015/04/a-genialidade-linguistica-nas-cancoes-de-adoniran-barbosa.html#ixzz4dh5uVJBD

E polémico:
Vinícius de Moraes disse que "São Paulo era o túmulo do Samba". Adoniran  responderia o famoso "Chora na Rampa Negão".
 "Tem paulista no samba!"







 A interpretação de Maria Gadu e Caetano Veloso é linda, apesar de se ter perdido todo o conteúdo irónico original. 

"Será que ele não tinha outro trem mesmo, ou botou  desculpa?"
 

  Há sempre outro trem ,meu bem....


sábado, 1 de abril de 2017

Baby what you want me to do -Baby what you want me to do - Sugar Pie Desanto


Sweet smooth and sexy blues, yes.
 I didn't know her... such an amazing woman.



Bass: Willie Dixon
Guitar: Hubert Sumlin
Drums: Cifton James
Piano: Sunnyland Slim

Dustin Henwood and Ally Yancey Blues Dancing ( Trouble Blues )

(...)




Maria la portuguesa - Silvia Perez Cruz

¡Ay, maría la portuguesa!
Desde ayamonte hasta faro
Se oye este fado por las tabernas.
¿Dónde bebe viño amargo?
¿Por qué canta con tristeza?
¿Por qué esos ojos cerrados?