sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Tom Zé - Menina, Amanhã de Manhã - (DVD)







"É considerado uma das figuras mais originais da música popular brasileira, tendo participado ativamente do movimento musical conhecido como Tropicália nos anos 1960 e se tornado uma voz alternativa influente no cenário musical do Brasil. A partir da década de 1990 também passou a gozar de notoriedade internacional, especialmente devido à intervenção do músico britânico David Byrne"   http://pt.wikipedia.org/wiki/Tom_Z%C3%A9   



"A música de Tom Zé é diferente de qualquer música brasileira que ouvi até hoje... Expande incessantemente os limites da canção popular, adotando formas inesperadas, que nos surpreendem e encantam, com percepção aguda dos acontecimentos. Olha a grande cidade com olhos -- e o ouvidos -- de poeta. Descobre beleza em regiões estranhas.  [Sua música] nos dá esperança." David Byrne


LayaProject Tapatam Full Video HQ

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Nunca são as coisas mais simples

 Nunca são as coisas mais simples
Nunca são as coisas mais simples que aparecem
quando as esperamos. O que é mais simples,
como o amor, ou o mais evidente dos sorrisos, não se
encontra no curso previsível da vida. Porém, se
nos distraímos do calendário, ou se o acaso dos passos
nos empurrou para fora do caminho habitual,
então as coisas são outras. Nada do que se espera
transforma o que somos se não for isso:
um desvio no olhar; ou a mão que se demora
no teu ombro, forçando uma aproximação
dos lábios.

Nuno Júdice

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Pilot Evolution:


Brilhante!


Pilot Evolution from Martin Allais on Vimeo.
Direcção de Martin Allais,  produção de Boolab


The objective of the campaign is to promote one of the Pilot brand’s latest models, the Frixion, whose main feature is that it lets you both write and erase. Based on this premise, the main task was to offer an unprecedented reading of the history of evolution in which the pen —a metaphor for divine intervention— provides a solution each time a problem arises, to rectify the situation and allow the species to evolve correctly through each of their stages. “Create, remove, evolve;” concludes the spot, bringing the point home. Created by the agency Grey, the campaign involved combining cell animation and stop motion techniques. Aired in Spain and Portugal, it has 20”, 30”, 60” and 90” versions.
Gold Laus Awarded "Best Animation 2011" Barcelona

terça-feira, 20 de novembro de 2012

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Estou Cansado (Álvaro de Campos)


Estou cansado, é claro,
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado.
De que estou cansado, não sei:
De nada me serviria sabê-lo,
Pois o cansaço fica na mesma.
A ferida dói como dói
E não em função da causa que a produziu.
Sim, estou cansado,
E um pouco sorridente
De o cansaço ser só isto —
Uma vontade de sono no corpo,
Um desejo de não pensar na alma,
E por cima de tudo uma transparência lúcida
Do entendimento retrospectivo...
E a luxúria única de não ter já esperanças?
Sou inteligente; eis tudo.
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto,
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá,
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Sou uma portuguesa de classe média.Tal como milhares de outros portugueses vivo o período que atravessamos com grandes dificuldades. Nunca vivi acima das minhas possibilidades ,mas a "crise" , a falta de dinheiro apanhou-me e à minha família como a muitas outras que não esbanjaram. No entanto revejo-me nas palavras de Isabel Jonet . Entendo que se refere à necessidade de uma mudança de mentalidade, de hábitos de consumo e de poupança.à distinção prévia entre o absolutamente necessário e o supérfluo, tão difícil nesta sociedade de consumo em que nos habituamos a viver. Por isso percebo mal a crítica e linchamento público a que foi sujeita... só que não quer é que não vê a verdade das suas palavras corajosas. Pegando no exemplo do copo de agua na lavagem dos dentes: Sim, antigamente, houvesse ou não dinheiro, usava-se copo para lavar os dentes... Era quase inata a ideia de não desperdiçar, de poupar, de bem escasso ,por sinal da água que o é cada vez mais. Sim, é complicado para adultos criar hábitos de poupança saudável e inteligente . Por maioria de razão os mais novos, os filhos , que se habituaram a ter tudo ,exigindo tudo como se de um direito absoluto se tratasse, não compreendem, aceitam mal a necessidade imperiosa de mudança radical na forma de como os bens materiais devem ser encarados agora. Eu sei que Isabel Jonet está à frente do banco alimentar e congratulo-me por isso. Gabo-lhe a coragem e a lucidez. Reconheço a sua obra, que aliás fala por si. Por isso não posso deixar passar em branco vários comentários com que me deparei na página da comunidade do Facebook Associação de Palavras, fazer de conta que eles não existiram. É verdade que estes senhores ,com os seus depoimentos, foram atrás da maralha. Em Portugal, o país da vulgarização e esvaziamento do significado do direito de petição, é costume: vai-se para onde vai a maré. Felicito Henrique Monteiro pelo depoimento no Expresso, que dá a voz a milhares de portugueses que, como eu, se sentem indignados pela campanha miserável a que Isabel Jonet está a ser sujeita. Onde está a democracia e a liberdade de expressão a que qualquer cidadão tem direito? É preciso baixar a cabeça e dizer que sim para não ser insultado? Isabel Jonet não baixa a dela e faz muito bem.

James Taylor - You've Got A Friend

segunda-feira, 5 de novembro de 2012